【TOP3】Tente adivinhar quais províncias do Japão mais têm pessoas ricas!

O Japão é uma grande potência econômica, sendo considerado também um dos países com os padrões de vida mais elevados do mundo.

Quais são as províncias que você acha que mais têm pessoas ricas no Japão?

1-  Tokyo (Tóquio)

シティ, 人, 建物の無料の写真素材

Créditos: Pexels

É claro que Tóquio estaria em primeiro lugar, pois é o centro da política e economia do Japão! Existem muitas áreas famosas na metrópole japonesa, como Shibuya, Shinjuku, Omotesando, Roppongi e Ginza. Tokyo ou Tóquio é conhecida por ser o epicentro das tendências do Japão.

Embora dependa da área, o aluguel médio de apartamentos e condomínios é consideravelmente mais alto do que em outras províncias. Muitas pessoas têm a imagem de que para viver em Tóquio precisa ter dinheiro, e erradas elas não estão! Além de ter muitos lugares para fazer compras e se divertir, é um ótimo lugar para desfrutar da gastronomia japonesa (haja dinheiro!).

2- Kanagawa

「多摩川上空(左が神奈川県、右が東京都)」の写真

Créditos: Pakutaso

A província de Kanagawa é conhecida por ter vários destinos turísticos populares, como Kamakura, Shonan e Hakone, bem como Yokohama, que é famosa pela a área da baía. É considerada uma cidade cara para se viver por ficar perto de Tóquio. Em particular, “Minato Mirai” e “Musashi Kosugi” são áreas populares pelas quais as famílias anseiam em morar, por ter uma abundância de instalações comerciais que as famílias podem desfrutar. A província exala aquela “atmosfera” diferente e te faz sonhar. Kanagawa entra em segundo lugar, mas com razão!

3- Kyoto

アジア人女性, オールドストリート, タウンの無料の写真素材

Créditos: Pexels

A província de Kyoto possui muitos locais de patrimônio mundial, como Kiyomizu-dera, Daigo-ji, Niwa-ji e Heiwa-in. Você pode sentir a história do Japão pelos pontos turísticos e pela paisagem. É encantador! Como Kyoto é a antiga capital do Japão, muitas pessoas têm a imagem de que muitas pessoas ricas vivem por lá, fazendo a província ficar em terceiro lugar.

Método de pesquisa: Goo Ranking, através de um questionário no monitor “Research Plus”.

Número de entrevistados: 500 (homens e mulheres na faixa dos 20 e 40 anos).

Período da pesquisa: 12 de abril de 2019 a 12 de abril de 2019.

#curiosidades


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.