21 de 40 pacientes em condições críticas se recuperaram graças ao ECMO – você sabe o que é isso?

A oxigenação por membrana extracorpórea (ECMO), uma forma de tratamento de suporte à vida que assume o papel do coração e dos pulmões fornecendo oxigênio, ajudou 21 de 40 pacientes com coronavírus em uma condição crítica a se recuperarem, de acordo com um relatório que o Ministro da Revitalização Econômica Yasutoshi Nishimura recebeu durante uma reunião nesta quinta-feira (2).

Nishimura recebeu o relatório em uma reunião frente a frente com Shinhiro Takeda, professor associado da Nippon Medical School Foundation e membro de um grupo médico que utiliza o equipamento. Atualmente, o Japão tem cerca de 400 máquinas de ECMO em todo o país para os pacientes em condições críticas, e cerca de 13.000 ventiladores para ajudar as pessoas a respirar.

Mas a preocupação de que uma disseminação mais ampla de infecções leve à falta de equipamentos para as pessoas necessitadas permanece.

Nishimura também informou que o governo está estudando planos para garantir mais pessoal para administrar o tratamento via ECMO e para aumentar a produção e uso desse equipamento, dizendo: “Vamos colocar todos os nossos esforços na preparação do sistema médico“.

Como funciona um aparelho ECMO:

ECMO, ou oxigenação por membrana extracorpórea, é uma técnica da medicina intensiva aplicada para fornecer oxigênio ao coração e ao pulmão de pacientes que apresentam insuficiência ou problemas nesses órgãos.

O aparelho possui três principais partes: tubos, membrana de oxigenação artificial e bomba propulsora.

Explicando de uma forma leiga, o sangue do paciente que está com uma alta taxa de gás carbônico é drenado, ocorre a troca de gás carbônico por oxigênio na máquina e então o sangue oxigenado volta ao paciente. (para mais informações clique aqui)


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.