via: 9,500 JR Central employees to take leave due to declining travel demand - The Mainichi

Japão

9.500 funcionários da Central JR tirarão férias devido à queda na demanda de viagens

2021.01.16

A Central Japan Railway Co., disse na sexta-feira que, cerca de 9.500 funcionários tirarão vários dias de folga no período entre 25 de janeiro e o final de fevereiro, já que a demanda por viagens diminuiu em meio a um ressurgimento de infecções por coronavírus.

A companhia ferroviária, que opera os serviços de trem-bala shinkansen conectando Tóquio e Osaka, decidiu introduzir tal medida pela primeira vez desde sua fundação em 1987, após a privatização das ferrovias nacionais japonesas de propriedade estatal. No período, a operadora ferroviária planeja permitir que cerca de 400 funcionários por dia gozem de licença remunerada.

O programa, que também visa prevenir a propagação do vírus entre os funcionários, vai abranger maquinistas, condutores, mecânicos e funcionários da estação.

O governo japonês expandiu na quarta-feira o estado de emergência sobre a pandemia do vírus para sete prefeituras, incluindo Aichi, onde a operadora ferroviária está sediada, depois de divulgá-lo na semana passada para cobrir Tóquio, Chiba, Kanagawa e Saitama. Após a declaração de emergência, a empresa ferroviária começou a revisar seu plano de operação inicial, esperando que o número de passageiros de trem diminuísse ainda mais.

A empresa disse que decidiu cancelar 1.546 serviços de trem-bala na linha Tokaido Shinkansen, entre a próxima segunda-feira e 28 de fevereiro.

#diaadia

Leia também:


9.500 funcionários da Central JR tirarão férias devido à queda na demanda de viagens Japão