A maratonista japonesa com mais de 60 anos que é recordista mundial

Com mais de 60 anos, a maratonista japonesa Yugeta Mariko quebrou as barreiras e detém o recorde mundial por completar uma maratona em menos de 3 horas.

A japonesa Yugeta Mariko detém os recordes mundiais da maratona de 10.000 metros na categoria para mulheres entre 60 e 64 anos. Ela nasceu em 1958 na cidade de Hanno, na Prefeitura de Saitama.

Seu interesse pela corrida veio desde quando era mais jovem. Durante o ensino médio e na faculdade, ela competiu em corridas de meio-fundo a nível nacional. Em 1982, ela correu sua primeira Maratona Internacional Feminina de Tóquio, terminando-a em 3 horas, 9 minutos e 21 segundos.

Maratonista japonesa e recordista mundial

Em 2019, Mariko tornou-se a primeira mulher com mais de 60 anos a completar uma maratona em menos de 3 horas. Ela correu a Maratona Shimonoseki Kaikyō em 2 horas, 59 minutos e 15 segundos

Em 2021, ela quebrou seu próprio recorde na Maratona Internacional Feminina de Osaka, completando-a em 2 horas, 59 minutos e 13 segundos.

Quando Mariko passou dos 50 anos, ela começou a sentir um desgaste físico. Ela enfrentou vários problemas, incluindo neuralgia lombar, tendinite de Aquiles e dor no calcanhar. Com o passar dos anos, seu apetite também diminuiu, portanto, ela redobra seus esforços de nutrição.

Apesar disso, ela não pensa em seus problemas de saúde, mas se esforça para encontrar soluções.

“Para ter sucesso, você precisa enfrentar todos os desafios. Podemos realizar qualquer coisa se quisermos”.

“É uma parte tão grande da minha vida que não é fácil descrever. Algo me empurra para continuar”.

Dependendo do problema, ela chama um quiroprático ou tenta fitoterapia, visando sempre melhorar. Quando ela vê jovens atletas correndo na TV, ela também fica animada.

Crédito: via runnet

Como Mariko já quebrou o próprio recorde, agora seu próximo objetivo é completar a maratona em 2 horas e 50 minutos.

“Quero correr até o fim (…) Sei que os anos estão cobrando seu preço, mas ainda posso esforçar para progredir”

Embora ela tenha começado um treinamento básico que admite não ser tão fã, ela disse que quer se dedicar de corpo e alma à maratona para que, quando chegar a hora, possa dizer aos seus filhos que viveu ao máximo.

Fonte: Nippon

Imagem de destaque: Trial Marathon Series via Nippon

Que história inspiradora né?

Matérias relacionadas:

Japonesa de 90 anos é a ‘instrutora fitness’ mais animada do Japão

Japonês de 72 anos treina para quebrar seu recorde mundial no supino de 121,5kg

Vovós japoneses reproduzem capa icônica dos Beatles ao atravessarem rua no interior do Japão

#curiosidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.