Alerta de Tsunami para a costa do Japão após erupção de um vulcão em Tonga

A costa do Pacífico do Japão foi atingida no início deste domingo por um tsunami, após uma enorme erupção vulcânica submarina no país insular de Tonga no Pacífico Sul no dia anterior, levando a agência meteorológica a emitir um alerta de tsunami.

NATIONAL INSTITUTE OF INFORMATION AND COMMUNICATIONS (JAPAN) / VIA AFP-JIJI

O alerta levou mais de 210.000 moradores a evacuarem das áreas de risco.

A Agência Meteorológica do Japão disse que um tsunami de 3 metros pode atingir algumas das ilhas do sudoeste do Japão, incluindo a ilha de Amami, bem como a província de Iwate, no nordeste.

Um tsunami de 1,2 metro ocorreu na cidade de Amami pouco antes da meia-noite de sábado, enquanto um tsunami de 1,1 metro chegou à província de Iwate às 2h26 de domingo.

Segundo a Agência Meteorológica, um pequeno tsunami de menos de 1 metro foi observado em uma ampla área da costa do Pacífico do país, de Hokkaido a Kyushu e Okinawa. Não houve relatos imediatos de feridos.

A Agência de Gerenciamento de Incêndios e Desastres disse que pelo menos 210.000 pessoas em sete províncias – Aomori, Iwate, Miyagi, Chiba, Kochi, Miyazaki e Kagoshima – foram solicitadas a sair do litoral.

Durante uma coletiva de imprensa no início de domingo, um funcionário da agência meteorológica pediu aos moradores da costa do Pacífico do Japão que permaneçam longe das áreas litorâneas até que o alerta e os avisos sejam levantados, observando que várias ondas de tsunami podem atingir a área.

AGÊNCIA METEOROLÓGICA DO JAPÃO

Após o alerta de tsunami e os avisos da agência, o governo montou um escritório de ligação no gabinete do primeiro-ministro para coletar informações.

Um alerta de tsunami foi emitido pela última vez no Japão em novembro de 2016, depois que um terremoto de magnitude 7,4 atingiu o nordeste do Japão.

Fonte: The Mainichi

#alerta #diaadia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.