As férias de Ano Novo no Japão serão de 17 dias?

O feriado de Ano Novo é uma das épocas mais movimentadas para viagens no Japão, já que trens aviões e rodovias ficam lotadas de pessoas viajando para visitar seu parentes e amigos e aproveitando a oportunidade para passearem.

Em circunstâncias normais, a maioria das empresas, órgãos governamentais e escritórios comerciais, costumam fazer uma pequena pausa de 6 dias, começando no dia 28 de dezembro e retomando as atividades no dia 4 de janeiro do próximo ano.

No entanto, devido à pandemia do coronavírus, o ministro da Revitalização Econômica, Yasutoshi Nishimura, anunciou que as empresas serão solicitadas a estender suas férias de fim de ano até 11 de janeiro-quando é comemorado o Dia da Maioridade.

As multidões nos santuários podem ficar bastante densas durante o feriado de Ano Novo:

Crédito: Sora News

Críticas ao plano:

Embora muitas pessoas tenham ficado animadas com a ideia de um feriado prolongado, também houve muitas críticas, pois ainda há uma pandemia global acontecendo e alguns esperam que ela ganhe mais força nos meses de inverno, justamente quando ocorre o feriado de fim de ano.

Embora a ideia do plano também seja revitalizar a economia, uma vez que as pessoas costumam consumir mais durante esse período, um feriado prolongado afetaria o bolso dos trabalhadores que recebem por hora.

No entanto, segundo Katsunobu Kato, secretário-chefe do gabinete, o governo está solicitando que as empresas distribuam essas folgas (do dia 26 de dezembro ao dia 11 de janeiro de 2021) com flexibilidade e de acordo com o planejamento do trabalho.

O objetivo seria escalonar as multidões que aproveitam esse período para visitar santuários, viajar e fazer compras em um período mais amplo de tempo, reduzindo o fluxo de pessoas que circulam ao mesmo tempo nesses locais e consequentemente evitando um aumento de infecções por coronavírus.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.