via: Cardboard beds for stranded passengers taking PCR test : The Asahi Shimbun

Japão

Camas de papelão são disponibilizadas em aeroporto do Japão

2020.04.15

Segundo fontes do jornal Asahi, cerca de 1.500 camas de papelão foram instaladas na aérea de retirada de bagagem do terminal dois no Aeroporto Internacional de Narita, localizado na província de Chiba.

As camas foram dispostas para os passageiros que chegaram ao Japão e precisam aguardar o resultado do teste de reação em cadeia da polimerase (PCR), que pode levar até dois dias para ficar pronto.

O governo central havia reservado cerca de 300 a 400 quartos de hotéis próximos ao aeroporto para acomodar os passageiros, porém esse número não foi suficiente. Dessa forma foi preciso improvisar camas de papelão para abrigar o restante das pessoas que não conseguiram vagas nos quartos de hotéis.

As camas tinham aproximadamente 1,80 cm de comprimento e 90 cm de largura, foram separadas por divisória e dispostas a cerca de dois metros de distância uma da outra. Contudo, a iniciativa também foi alvo de algumas críticas, por criar um possível ambiente de propagação do coronavírus, visto que todos estão em um mesmo ambiente fechado e não sabem se estão infectados com o vírus.

A primeira vez que as camas foram dispostas no aeroporto foi no dia oito de abril, mas as autoridades disseram que pode ser provável que aconteça mais vezes, quando o número de passageiros exceder o número de quartos de hotéis disponíveis.

As pessoas que têm condições de voltar para suas casas, são liberadas e podem esperar o resultado dos testes nas mesmas. Porém estão proibidas de utilizar transportes públicos. Já as que não têm uma pessoa disponível para buscá-las no aeroporto, precisam aguardar o resultado.

O Japão impôs restrições aos passageiros que chegam de 73 países e regiões como medida de contenção à disseminação do coronavírus.

O governo também está fretando voos do Aeroporto Internacional de Narita para o Aeroporto Internacional de Chubu, próximo a cidade de Nagoya, para que as pessoas possam aguardar em hotéis adjacentes ao aeroporto da província de Aichi. Porém apenas algumas pessoas estariam dispostas a enfrentar mais uma viagem, levando as autoridades à improvisação das camas de papelão.


Camas de papelão são disponibilizadas em aeroporto do Japão Japão