Censo mostra queda populacional em 38 prefeituras japonesas

De acordo com números preliminares do Censo de 2020, apenas nove das 47 províncias japonesas tiveram um aumento populacional desde o ano de 2015.

O último Censo foi realizado em outubro de 2020 e seus resultados preliminares foram divulgados na última sexta-feira (25) pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicações. A população do Japão, incluindo os residentes estrangeiros, diminuiu 0,7% desde 2015.

Segundo o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações, a população total do Japão era de 126.226.568 habitantes em 2020, o que representa uma diminuição de 868.000 (0,7%) habitantes, em relação ao ano de 2015.

Províncias com aumento populacional 

A população de Tóquio, a maior cidade do Japão, teve o maior aumento (4,1%) chegando aos 14 milhões.

As outras províncias que tiveram ganhos populacionais foram Kanagawa, Saitama, Chiba, Aichi, Fukuoka, Okinawa, Osaka e Shiga.

Províncias com declínio populacional 

O restante das 38 províncias japonesas viram uma redução da população, principalmente em áreas rurais. Hokkaido por exemplo, teve uma perda de 153.000 habitantes, Niigata teve uma diminuição de 102.000 habitantes e a província de Fukushima 80.000.

O Japão representa cerca de 1,6% da população do planeta, e caiu para a 11ª posição no ranking mundial que é liderado pela China.

Leia também:

População infantil do Japão atinge recorde mais baixo em 40 anos

Pesquisa mostra que rejeição à vacina contra COVID-19 é maior entre os jovens no Japão

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.