Cerca de 130.000 casas em Kyushu continuavam sem energia na manhã de terça

O super tufão Nanmadol, que se transformou em uma tempestade tropical, chegou ao Oceano Pacífico na terça-feira, após matar duas pessoas e ferir mais de 100, paralisar o tráfego e deixar milhares de casas sem energia.

Novos danos foram relatados no sul do Japão, onde o tufão Nanmadol atingiu no fim de semana antes de enfraquecer ao se mover para o norte.

Na ilha de Tanegashima, ao sul de Kyushu, um muro foi danificado no centro espacial da Agência Aeroespacial e de Exploração do Japão, informou o Ministério da Economia e Indústria. A extensão dos danos ao prédio usado para a montagem do foguete ainda está sendo avaliada.

Duas mortes foram confirmadas na província de Miyazaki na segunda-feira, informou a Agência de Gerenciamento de Incêndios e Desastres. Uma pessoa estava desaparecida na província de Hiroshima e outras 115 ficaram feridas no oeste do Japão.

A maioria dos ferimentos foi leve, com pessoas caindo na tempestade, atingidas por estilhaços de janelas quebradas ou objetos voadores.

Segundo o Ministério da Economia e Indústria, mais de 130.000 casas, a maioria na região de Kyushu, ainda estavam sem energia na manhã desta terça-feira.

No total, 135.700 residências ficaram sem energia a partir das 8h30 de terça-feira, sendo que cerca de 120.000 domicílios estão na área coberta pela Kyushu Electric Power Co. Eles continuarão trabalhando para restabelecer a energia até quarta-feira (21), excluindo locais onde é difícil entrar devido aos deslizamentos de terra. 

A maioria dos transportes voltou ao normal nesta terça-feira após o fim de semana prolongado. Os trens-bala e a maioria dos transportes terrestres retomaram a operação, mas dezenas de voos foram cancelados no nordeste do Japão.

De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, a tempestade tropical se dirigiu para o Oceano Pacífico após atravessar o Japão.

Fonte: Japan Today

Imagem de destaque: AP Photo/Eugene Hoshiko

#diaadia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.