Cidade processa homem que se recusou a devolver 46 milhões de ienes que recebeu por engano

Uma cidade que acidentalmente depositou ¥46,3 milhões de ienes na conta de um residente disse na quarta-feira que foi forçada a entrar com uma ação depois que o destinatário se recusou a devolver o dinheiro.

“Lamentamos causar problemas aos moradores… Agora estamos processando esta casa”-disse um funcionário da cidade de Abu, acrescentando que a decisão será aprovada em uma reunião do conselho nesta quinta-feira.

Como uma pessoa recebeu 46 milhões de ienes por engano?

No mês passado, a cidade de Abu, localizada no oeste da província de Yamaguchi planejava enviar ¥100.000 cada para 463 famílias de baixa renda afetadas pela pandemia.

Mas, no processo, eles transferiram erroneamente um montante de ¥46,3 milhões para uma única família.

As autoridades visitaram imediatamente o destinatário, que não foi identificado, sendo informados de que o dinheiro seria devolvido. Mas, posteriormente o mesmo destinatário disse que não devolveria o valor.

Prefeito da cidade de Abu, Norihiko Hanada/Crédito: Kyodo

De acordo com uma carta divulgada pelo prefeito de Abu Norihiko Hanada, o destinatário admitiu ter “movido o dinheiro e não poder devolvê-lo”.

O caso ganhou destaque nas manchetes do Japão, com o prefeito da cidade divulgando até um vídeo de desculpas a seus eleitores, dizendo estar “profundamente arrependido” pelo erro.

E aí, qual é a opinião de vocês sobre este caso?

Fonte: Japan Times

Matérias relacionadas:

Família que recebeu 46 milhões de ienes por engano disse que não devolverá o dinheiro

Leia também: Cidade japonesa deposita erroneamente ¥46,3 milhões em subsídios na conta de uma única família

#diaadia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.