Cientistas descobrem gene de cedro que pode acabar com o kafunsho para sempre

Pesquisadores e cientistas japoneses identificaram o gene que priva as árvores de cedro-japonês de sua capacidade de produzir pólen, uma descoberta que pode acabar de vez com o kafunsho.

A descoberta que pode acabar com o kafunsho

Como acabar com o Kafunsho

Cientistas da Universidade de Niigata, do Instituto de Pesquisa de Produtos Florestais e outros pesquisadores, apresentaram a conquista em uma conferência da Sociedade Japonesa de Criação.

Segundo as descobertas, uma única sequência de bases constituindo o gene determina se o pólen será liberado.

 Se o método conhecido como “edição do genoma” for usado para modificar o gene alvo, as árvores de cedro livres de pólen podem ser criadas de forma eficiente.

“Apenas uma das mais de 10 bilhões de bases do cedro acabou sendo um fator decisivo por trás da presença de pólen”-disse Hiroyuki Kakui, professor assistente de trematologia.

 “O uso da edição do genoma pode remover o pólen do cedro que é útil como material de construção.”

Cerca de 70% dos pacientes com kafunsho, um tipo comum de alergia no Japão, desenvolvem a doença devido ao pólen de cedro.

O kafunsho no Japão

No passado, uma grande quantidade da espécie foi introduzida no Japão para adquirir madeira de construção.

Os especialistas acreditam que centenas de milhares de pólens sejam produzidos por uma única “flor masculina”.

A polinização é o ato de reprodução das plantas que consiste na transferência do pólen da parte masculina da flor para a parte feminina.

Uma em cada 5.000 árvores de cedro sofre uma mutação genética para não produzir pólen.

A equipe de pesquisadores comparou o DNA de mais de um cedro e os resultados mostraram que o gene chamado TKPR1 funciona agressivamente em “flores masculinas” e uma das 1.002 bases do gene decide se o pólen pode ser disperso ou não.

Em um teste feito pelos pesquisadores, a aplicação do gene TKPR1 normal do cedro em um agrião livre de pólen resultou na produção de pólen, enquanto o controle da base impossibilitou a liberação do pólen.

E aí, vocês acreditam que esse seria o fim definitivo do kafunsho?

Fonte: Asahi Shimbun

Matérias relacionadas:

Alergia ao pólen: como evitar o Kafunsho?

KAFUNSHO: 10 produtos para combater a alergia ao pólen no Japão!

#diaadia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.