Como será viajar de AVIÃO no mundo pós-pandemia?

As companhias aéreas são de longe uma das áreas mais afetadas pela pandemia do coronavírus. Devido as restrições de voos e o fechamento de fronteiras em vários países do mundo, os serviços de viagens vêm apresentando uma queda considerável no número de passageiros.

As autoridades do mundo todo estão tentando reforçar os bloqueios e decretar restrições de viagens cada vez mais rigorosas a fim de conter a disseminação do coronavírus. Dessa forma voltar a viajar de avião passou a se tornar algo distante…

No entanto, imaginar as viagens de avião com “segurança” e “proteção” ainda é possível visto que uma empresa italiana que produz assentos e interiores das cabines de aeronaves, projetou como poderiam ser os aviões no mundo pós-pandemia. A empresa Aviointeriors, que está há mais de quarenta anos no mercado, fez a projeção de duas opções de modelos para os assentos dos futuros aviões.

No site da empresa eles divulgaram imagens do modelo “Janus Seat”, onde os assentos seriam dispostos intercalados em três e um “escudo protetor” formaria uma barreira entre os passageiros, bloqueando a propagação da respiração para os bancos vizinhos. O “escudo” seria blindado em material opaco e teria uma manutenção de limpeza simples.

O outro modelo seria o “Glassafe”, onde os assentos seriam mantidos lado a lado porém com uma barreira protetora disposta acima deles que permitiria cobrir a cabeça e os ombros dos passageiros, minimizando o contato respiratório entre eles.

Os projetos da empresa italiana ainda estão apenas no papel pois não há nenhum estudo ou evidência científica que comprove que essas “barreiras” funcionem. Visto que o coronavírus pode permanecer por vários dias nas superfícies e caso esses modelos fossem adotados, a manutenção de limpeza precisaria ser frequente.

Fonte: Todas as imagens foram retiradas do site oficial da empresa Aviointeriores.

Quem mais achou essa proposta bizarra e interessante ? 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.