via: Japan pushes homegrown vaccines for coronavirus to secure supply - The Mainichi

Japão

Coronavírus: Japão decide acelerar o desenvolvimento de vacinas

2020.06.03

As farmacêuticas japonesas pretendem acelerar o desenvolvimento de vacinas contra o novo coronavírus, mesmo que as empresas internacionais aparentem liderar a corrida global.

Atualmente, estima-se que cerca de 125 vacinas estão sendo desenvolvidas simultaneamente por especialistas do mundo todo. Mas, apesar da corrida global para o desenvolvimento de uma vacina, o governo japonês está mais preocupado com o fato das vacinas estrangeiras não conseguirem atender a demanda mundial e ficarem amplamente indisponíveis para o Japão.

Em tempos da necessidade de garantir o volume necessário, uma vacina produzida domesticamente por uma empresa japonesa é a melhor” – disse um funcionário do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar (MHLW).

De acordo com a Kyodo News, no final de maio, fontes do governo disseram que o Japão iria facilitar a fabricação de vacinas em larga escala e lançaria um programa de subsídios para os produtores. Ainda segundo as fontes, o governo espera disponibilizar as vacinas para as pessoas assim que elas forem liberadas para uso.

O desenvolvimento de algumas vacinas já estão mostrando resultados promissores em seres humanos, no entanto, o processo de desenvolvimento e produção demandam um certo tempo. O professor do Instituto de Ciências Médicas da Universidade de Tóquio, Yoshihiro Kawaoka disse:

Desenvolver uma vacina e disponibilizá-la amplamente são coisas completamente diferentes”

Não presumo que estejam prontas neste inverno. Mesmo que corra tudo bem, será no outono do próximo ano que uma vacina será entregue ao público” –acrescentou Kawaoka.

Contudo, algumas empresas biofarmacêuticas pretendem iniciar os testes clínicos das vacinas a partir do próximo mês e esperam administrá-las em humanos por volta de março do ano de 2021.

A medida que os desenvolvedores estão divulgando seus avanços no desenvolvimento de uma vacina contra o virus, a esperança da humanidade permanece acesa.

As vacinas atuam por meio do desenvolvimento do agente patológico (morto ou enfraquecido) e estimulam o sistema imune à produzir anticorpos. Historicamente, elas apresentam o meio mais “efetivo” e “seguro” para combater e erradicar doenças infecciosas, mas enquanto esperamos uma vacina contra o coronavírus, as melhores formas de nos protegermos é lavando bem as mãos, utilizando máscaras e evitando as grandes aglomerações.


Coronavírus: Japão decide acelerar o desenvolvimento de vacinas Japão