Coronavírus: segunda onda de infecções poderá atingir o sudoeste do Japão

Após um recente aumento do número de casos por coronavírus, o prefeito da cidade de Kitakyushu, localizada na província de Fukuoka no sudoeste do Japão, disse que a cidade pode estar sendo atingida por uma segunda onda de infecções.

“Reconheço que estamos no meio da segunda onda”– disse o prefeito da cidade, Kenji Kitahashi, em uma reunião com a equipe da cidade.

A cidade de Kitakyushu não registrava casos desde o dia 30 de abril, no entanto, uma semana após o primeiro ministro Shinzo Abe suspender o estado de emergência, a cidade registrou um aumento considerável do número de infecções.

A partir do dia 23 de maio, a cidade de Kitakyushu registrou um total de 43 novas infecções por coronavírus sendo que 21 delas, possuem rotas desconhecidas pelas autoridades.

Segundo o governo municipal, alguns grupos de infecções foram relatados em duas instituições médicas da cidade. As infecções deverão ser investigadas e analisadas em colaboração com o Ministério da Saude, Trabalho e Bem-Estar.

Nesta quinta-feira (28) a cidade registrou 21 novos casos. Nove das 21 pessoas infectadas são funcionários do Centro Médico de Moji, localizado no extremo norte da cidade. Outro ponto de infecção também foi identificado no Hospital Geral de Kitakyushu.

“Estamos prestes a ver uma segunda onda (de infecções) e estamos preocupados com a situação daqui pra frente. Só podemos dizer que estamos enfrentando uma situação muito difícil”. – disse Hideki Nagatomi, chefe do departamento de Saúde e Bem-Estar da cidade.

O Ministério da Saude já enviou uma equipe para analisar a situação da cidade. Algumas instalações públicas que foram reabertas após o cancelamento do estado de emergência, foram fechadas novamente e alguns eventos da cidade também estão sendo adiados.

 


Coronavírus: segunda onda de infecções poderá atingir o sudoeste do Japão Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *