Covid-19: Japonês que escondeu infecção foi preso por visitar onsen na região de Tokyo

Nesta quarta-feira (2), a polícia prendeu um homem que fugiu de um hospital em julho durante o tratamento de covid-19 e se hospedou em um onsen na região norte de Tokyo sem revelar que estava infectado para a administração do spa.

O japonês de aproximadamente 40 anos está sendo acusado de obstrução de negócios, uma vez que o onsen foi forçado a realizar a desinfecção do onsen em Kawagoe, prefeitura de Saitama.

O suspeito, cujo nome não foi revelado por ser um paciente de coronavírus, foi diagnosticado infectado em 16 de julho, após desenvolver febre e ser internado para tratamento em um hospital em Hanyu, de acordo com informações da administração da prefeitura.

Segundo informação do governo local, no dia 30 de julho, o suspeito saiu do hospital sem permissão a noite e voltou para casa de táxi. Então dirigiu seu carro até o onsen e usou as instalações do local segundo ele “para tomar banho”.

A família entrou em contato com a polícia na madrugada de 31 de julho, depois de ser alertada pelo hospital que ele havia desaparecido,.

Os policiais o encontraram após localizarem seu carro no estacionamento do onsen.

O homem ainda teria passado em seu escritório depois de deixar o hospital. “Meu desempenho nos negócios da empresa poderia ter caído se eu não trabalhasse”, relatou o suspeito a um dos funcionários do governo local.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.