Dois terremotos abalam o leste do Japão, sem alerta de tsunami

De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, na manhã desta sexta-feira (3), um terremoto de magnitude preliminar de 4.8 atingiu a prefeitura de Yamanashi, no leste do Japão, mas não há alerta de tsunami. Até o momento não há relatos de feridos ou danos à infrastrutura da província.

O abalo ocorreu por volta das 6h37 da manhã e registrou uma intensidade sísmica de 5 (na escala de 7) em Otsumi, parte leste de Yamanashi. Apesar de não haver relatos de danos, a Agência Meteorológica alerta que dentre uma semana poderá ocorrer um terremoto de intensidade sísmica semelhante.

Ainda segundo as autoridades meteorológicas, o terremoto pode ser sentido em algumas partes de Tóquio e Kanagawa. Alguns trens operaram em velocidade reduzida após o terremoto de M4.8, mas não houve nenhuma grande interrupção do tráfego. Os trens-bala operaram normalmente e o limite de velocidade em um trecho da via expressa de Chuo, que passa pela Prefeitura de Yamanashi, foi reduzido para 50 km por hora.

De acordo com a TEPCO Power Grid Inc., aproximadamente 600 residências em Fujikawaguchiko, na província de Yamanashi, ficaram sem energia.

Um outro terremoto de magnitude preliminar de 5,4 ocorreu em Wakayama, mas não houve ameaça de tsunami. O terremoto ocorreu por volta das 9h28 desta sexta-feira (3) e registrou menos de 5 na escala de intensidade sísmica japonesa de 7 na região norte da província.

Naoshi Hirata, especialista do Instituto Nacional de Pesquisa para Ciências da Terra e Prevenção de Desastres, disse: “Este terremoto ocorreu em um lugar onde o leito do mar chamado de Placa do Mar das Filipinas está subdividindo sob o leito rochoso da terra. Parece que ocorreu em um local mais raso e é uma área onde a atividade sísmica é ativa diariamente”.

“Este terremoto tem uma magnitude de 5,4, que é diferente do esperado terremoto gigante de Nankai Trough. Há uma possibilidade de que um terremoto da mesma magnitude ocorra no futuro por cerca de uma semana, então todo o cuidado é necessário”-acrescentou.

Leia mais:

https://diaadia.jp/especiais_post/por-que-os-terremotos-sao-frequentes-no-japao/

#diaadia


Dois terremotos abalam o leste do Japão, sem alerta de tsunami Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *