É oficial, Japão abrirá as fronteiras sem limites para turistas a partir de outubro

O primeiro-ministro do Japão aproveitou a oportunidade de sua viagem a Nova York para a Assembleia Geral da ONU, para anunciar oficialmente a reabertura do Japão para turistas estrangeiros sem limite de restrições. O anúncio foi uma grande mudança na política após quase 2 anos e meio de restrições à COVID-19.

Kishida anunciou que o Japão removerá completamente os limites diários do número de viajantes para o Japão, eliminando as proibições de viajantes individuais e removendo os requisitos de visto para visitantes de países que já estavam isentos antes da pandemia. Todas essas mudanças entrarão em vigor a partir de 11 de outubro.

O Japão reabriu as fronteiras para turistas estrangeiros desde junho, porém apenas para aqueles que estavam com visitas guiadas. No dia 7 de setembro, o governo permitiu a entrada de turistas sem o acompanhamento de guias, porém, com voos e hotéis reservados por meio de agências de viagens registradas.

O limite diário de chegadas foi aumentado gradualmente nos últimos seis meses, primeiro para 5.000 em março e, eventualmente, para os atuais 50.000. Mas essas medidas têm sido impopulares entre muitos turistas estrangeiros que desejam maior liberdade durante suas viagens.

Um programa nacional de viagens domésticas que oferece descontos para viagens, entrada em parques temáticos e para eventos esportivos e shows também está programado para começar no dia 11 de outubro.

De acordo com o relatório, as pessoas que receberam as três doses da vacina e apresentarem um resultado de teste negativo terão direito aos descontos. O programa oferecerá assistência financeira de até ¥ 11.000 por pessoa para a estadia de uma noite.

Os turistas também precisarão ser vacinados três vezes ou apresentar um resultado negativo do teste COVID-19 antes de sua viagem, informou a Kyodo News.

Todas essas medidas estão sendo bem recebidas pelo setor de turismo do país, que foi duramente atingido pela pandemia.

As agências de viagens estavam solicitando que o governo dispensasse a exigência de visto para turistas, o que é um grande obstáculo para aqueles que desejam vir ao Japão.

Houve casos que os turistas tiveram que apresentar seu pedido de visto pessoalmente na embaixada ou consulado mais próximo, enquanto outros não obtiveram seus vistos dentro do prazo da viagem.

Em 2019, o Japão recebeu um recorde de 31,88 milhões turistas estrangeiros, mas o número caiu drasticamente para cerca de 250.000 em 2021 devido às rígidas restrições das fronteiras.

Leia mais:

Fonte: Japan Times

Imagem de destaque: REUTERS/Issei Kato

#diaadia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *