via: Japan firm develops device for direct touch-free doorknob-turning - The Mainichi

Japão

Empresa japonesa apresenta solução para abrir portas sem usar as mãos

2020.05.20

Pesquisas do mundo inteiro revelaram que o coronavírus tem a capacidade de sobreviver por horas e até mesmo dias, nas superfícies de diversos materiais. No entanto, ainda não é possível afirmar o tempo exato que o vírus pode permanecer suspenso no ar ou resistir em determinadas superfícies pois, esses intervalos de tempo podem variar bastante.

Por essa razão, médicos e especialistas alertam constantemente sobre a importância de se evitar tocar em objetos públicos e depois levar as mãos aos olhos, boca e nariz.

Pensando em evitar possíveis pontos de transmissão do vírus, uma empresa japonesa projetou um gancho feito de metal para ser encaixado nas maçanetas das portas, de forma que as pessoas possam girá-las sem ter que tocá-las diretamente com as mãos.

Yoshiro Watanabe de 36 anos, que trabalha na empresa fabricante de produtos de borracha localizada na cidade de Okayama, no oeste do Japão, criou e projetou os ganchos em 10 dias contando apenas com a ajuda de uma fábrica de metais administrada por um conhecido.

A ideia de desenvolver o gancho, surgiu logo após um de seus funcionários voltar do banheiro e dizer: “Lavei minhas mãos, mas preciso tocar na maçaneta da porta”.

 

Empresa japonesa apresenta solução para abrir portas sem usar as mãos Japão

Empresa japonesa apresenta solução para abrir portas sem usar as mãos Japão

 

As maçanetas das portas podem contribuir para a transmissão de algumas infecções, visto que as pessoas contaminadas podem tocá-las e espalhar o vírus para outras pessoas.

Devido a pandemia do coronavírus, o mundo inteiro teve que se adaptar à novas formas de viver para se proteger do vírus. Medidas como o uso das máscaras, a higienização das mãos, e o cuidado ao encostar em objetos públicos, deveriam permanecer mesmo após o fim da pandemia para que as pessoas possam se manter sempre seguras e preparadas para enfrentar possíveis novas infecções.

 


Empresa japonesa apresenta solução para abrir portas sem usar as mãos Japão