DIA A DIA

Informação, cultura, turismo e entretenimento para brasileiros no Japão

Escola brasileira no Japão fecha portas devido a problemas financeiros

Com mais de 26 anos de atuação no Japão, a escola Nippaku Gakuen, também conhecida como Instituto Educacional Centro Nipo Brasileiro, funcionava como um símbolo da comunidade brasileira no leste de Gunma desde o início dos anos 1990, quando o Japão começou a aceitar imigrantes descendentes de japoneses do Brasil.

Localizada na cidade de Oizumi-machi, Gunma, a escola disponibiliza em suas unidades o MaternalEducação InfantilEnsino Fundamental e Ensino Médio, além de oferecer aulas diárias de língua japonesa. Mas desde o ínicio deste mês, a escola fechou suas portas devido aos problemas financeiros.

Um pouco da história da escola brasileira

O instituto era o Oizumi Nippaku Center, uma escola de língua japonesa fundada em setembro de 1991 para brasileiros descendentes de japoneses. Como surgiram pedidos para uma instalação educacional dedicada às crianças da comunidade, a escola foi inaugurada em 1996 como uma escola K-12 com aulas ministradas em português e japonês nas cidades de Oizumi e Ora, ambas na província de Gunma. 

A diretora da escola, Shoko Takano, explicou que a escola tem tomado cuidado para evitar que os alunos tenham dificuldades em qualquer um dos dois idiomas.

No entanto, a escola tem lutado para cobrir seus custos operacionais. Ela foi credenciada pelo ministério da educação brasileiro, mas não pelo japonês, deixando-a sem status legal como escola e incapaz de receber ajuda financeira do governo e de outras autoridades japonesas.

Consequentemente, a escola dependeu principalmente das mensalidades pagas pelos pais dos alunos, no entanto, muitas mensalidades aparentemente não foram pagas devido às difíceis circunstâncias econômicas das famílias.

Leia também – Cidade do Japão lança uniformes escolares padronizados, e alunos são livres para escolher o que usar

Após determinar que a falta de recursos a impedia de oferecer a educação adequada, a escola decidiu fechar após a última formatura e cerimônia de encerramento do semestre, realizada em 24 de dezembro de 2022.

Cerca de 100 alunos, a maioria do ensino fundamental e médio, foram transferidos para outra escola brasileira na prefeitura de Ota. Mas a Nippaku Gakuen está revisando o que fazer com seus alunos mais jovens.

“Quanto mais tempo ficávamos no negócio, mais dívidas assumíamos”, afirmou Takano, acrescentando que pretende reabrir a escola após encontrar uma nova estrutura que resolva seus problemas financeiros. 

“Não posso dar uma estimativa de quando, mas gostaria de reabrir a escola de alguma forma”, disse ela.

Informações sobre a escola Nippaku Gakuen

Site: https://nippakugakuen.com/

Endereço:

Unidade 1 (Nippo)
Gunma-ken Oura-gun Oizumi-machi Nishikoizumi 1-12-17

Unidade 2 (Nespo)
Gunma-ken Oura-gun Oizumi-machi Shinozuka 3272

Atendimento/Contato:

090-8506-0665

Fonte: The Mainichi

Imagem de destaque: Mainichi/Tetsuya Shoji

VÍDEO

#diaadia

3 thoughts on “Escola brasileira no Japão fecha portas devido a problemas financeiros

  • 26 de janeiro de 2023 em 18:16
    Permalink

    Fecha e pronto!
    Sem mimimi…
    Porque SÓ Oizumi tinha esses privilégios…
    Os alunos, país, professores e direção, que se danen…até agora estavam no bem bom …As outras dezenas de escolas e pais de alunos estão se virando … sem mimimi… sem mimimi…sem mimimi!!!!! E faça o L !

    Resposta
    • 27 de janeiro de 2023 em 06:56
      Permalink

      Queria entender a insatisfação do comentário acima . É do porque tanta má educação.

      Resposta
      • 28 de janeiro de 2023 em 01:56
        Permalink

        Eu concordo. O André hayashi da até dó de tanta amargura e falta de amor ao próximo ! Só foi feita uma reportagem simples assim nw entendi nd nem vi motivo p tanto ódio e nem o faz o L foi o lula que fechou ? Kkkk

        Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *