Escola japonesa renomeia os uniformes como “Tipo I” e “Tipo II”, na reforma da identidade de gênero

Embora a palavra uniforme signifique literalmente “uma forma”, em qualquer dia em uma escola no Japão você verá dois uniformes diferentes: um para meninos e outro para meninas. Por exemplo, na Escola de Ensino Médio da Prefeitura de Yokota, na Prefeitura de Shimane, o uniforme dos meninos tem calça comprida, enquanto o das meninas tem saia.

No entanto, quando o próximo ano letivo começar na primavera, Yokota não terá mais uniformes para meninos e uniformes para meninas. Isso não é porque eles vão usar um único uniforme idêntico, mas porque a escola está renomeando-os como Tipo I e Tipo II, como parte de seu reconhecimento em evolução da diversidade de identidade de gênero.

Para o ano letivo de 2021, as alunas de Yokota, poderão escolher entre usar saia ou calça, e a escola diz que várias delas já expressaram o desejo de usar a última. Embora, sem dúvida, algumas dessas escolhas estejam sendo motivadas pelo maior calor que as calças compridas fornecem.

A escola deixou claro que a principal razão para instituir a opção de calças / saias não são as salas de aula infamemente frias do Japão, mas permitir que as alunas usem roupas que se alinhem adequadamente com a forma como se identificam em termos de gênero.

Yokota se tornará a 13ª das 34 escolas de ensino médio em tempo integral, da província de Shimane, a permitir que as alunas usem calças compridas. No entanto, a liberdade de escolha entre o uso de calça ou saia não se estende ao corpo discente do sexo masculino. “Neste estágio, estamos apenas mudando o código de vestimenta para as alunas”, disse Kyoko Mitani, professora de humanidades na Yokota.

No entanto, ela acrescentou “Levando em consideração as várias opiniões dos alunos e seus responsáveis, quero que continuemos pensando sobre a diversidade de gênero”, o que implica que a escola pode permitir que os alunos do sexo masculino usem saias em pouco tempo.

#diaadia

Leia também;


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.