Estudante cria mapa que permite ver os casos de coronavírus em cada município do Japão

Um estudante da Universidade de Kyushu criou um mapa online que rastreia casos de pessoas infectadas pelo coronavírus nos municípios japoneses.

O sul-coreano Lee Dong Yon, de 25 anos, desenvolveu o “mapa de casos do coronavírus”, que utiliza informações do Ministério da Saúde para traçar as rotas que os infectados percorreram no país. Os lugares que já tiveram casos de infecções são marcados com círculos vermelhos, as rotas das pessoas infectadas são marcadas em azul e a localização das pessoas que já foram curadas estão marcadas em verde.

Os círculos são numerados na ordem em que o caso foi anunciado pelo governo, e clicando nele é possível visualizar o comunicado da imprensa, o histórico de viagens do paciente e sua condição atual.

Eu achei que o estrago poderia ser minimizado se mapeássemos onde cada infectado esteve” disse Lee. A primeira versão do mapa foi criada no dia 5 de fevereiro. Embora existam mapas que mostrem as infecções por províncias, um que mostrasse por municípios era raro.

O mapa, que agora recebe 10 mil visitas por dia, permite que as pessoas vejam como o vírus se espalhou por pequenos grupos de pessoas, de acordo com o estudante. E se você está achando que o rapaz é um expert da programação, está enganado. Lee é estudante de psicologia que se interessou por programação no ano passado e decidiu aprender sozinho.

Você pode acessar o mapa em: http://coromap.info


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.