Estudantes universitários postam vídeo pedindo para as pessoas usarem japonês mais simples com estrangeiros

Estudantes universitários de Nagoya criaram e postaram um vídeo instruindo as pessoas a usarem um “japonês simples” com estrangeiros durante desastres naturais e outras situações de risco de vida.

O vídeo, feito por alunos da Universidade da Cidade de Nagoya para os funcionários da Prefeitura de Naka, também foi postado no YouTube para o público em geral assistir.

“Existem estrangeiros que também ficam confusos ou não entendem as informações sobre o coronavirus”, disse um dos alunos. “Esperamos que muitas pessoas façam bom uso do vídeo.”

No “japonês fácil”, assuntos e predicativos são esclarecidos e expressões simples são usadas. Palavras difíceis, expressões educadas e dialetais devem ser evitadas e, para indicar a pronúncia, os caracteres fonéticos kana devem ser impressos ao lado dos caracteres kanji chineses.

Essas medidas tornam a linguagem mais fácil de entender por pessoas idosas, portadores de deficiência, crianças e estrangeiros. Os estrangeiros representam cerca de 10% da população do distrito de Naka. Como os funcionários da prefeitura costumam se comunicar com pessoas de muitos países, eles pediram aos alunos, que estudam Coexistência Multicultural, para criarem materiais para o treinamento de funcionários.

O vídeo tem cerca de 14 minutos e fornece informações sobre o “japonês fácil”, que foi criado em parte devido ao alto índice de mortes de estrangeiros no Grande Terremoto de Hanshin, em 1995. Além disso, o vídeo inclui uma cena na qual um japonês dá instruções a um estrangeiro, e oferece exemplos claros de como falar usando uma linguagem mais simples.

Um dos alunos do primeiro ano disse: “Prestamos atenção aos gestos e expressões faciais também, pois são importantes para transmitir informações. Ficaremos felizes se o vídeo aumentar a conscientização sobre o” japonês simples “para pessoas que não sabiam sobre isso antes.

Veja o vídeo em japonês:

#diaadia

Leia também:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.