Mahoto Watanabe (28), ex-YouTuber, é preso por suspeita de chantagear adolescente de 15 anos pedindo fotos íntimas.

A policia Metropoliatana anunciou ontem (17) que Mahoto Watanabe, dono do canal no YouTube com o mesmo nome, havia sido preso após denúncia dos pais da adolescente (15).

O descobrimento do caso

O caso foi descoberto no mesmo dia que Mahoto anunciou que iria se casar com Yui Imaizumi, ex-membro do grupo Keyakizaka 46. Yui Imaizumi também havia anunciado em seu blog pessoal que está grávida de Mahoto e que iria se casar com ele.

Em uma Live do canal Korekore que todo o acontecimento foi exposto.

Tudo começou pelo Instagram Stories

Watanabe Mahoto havia postado no seu Instagram Stories, perguntando se alguma fã poderia mandar fotos íntimas cobrindo as partes superiores do corpo usando fita adesiva. Com isso uma fã adolescente (15) mandou uma foto, e eles começaram a conversar. “Se você me mandar 30 fotos, eu irei te ligar. Se você me mandar 50 fotos, a gente vai se encontrar”, e a menina continuou mandando fotos a Watanabe.

A menina comentou com uma pessoa próxima o que estava acontecendo, e essa pessoa entrou em contato com Mahoto Watanabe pela Direct Message do Instagram. Logo após, Watanabe entra em contato com a menina dizendo que “ela tinha traído a sua confiança”.

Após o escândalo

A empresa UUUM, uma agência para influenciadores digitais, desfez o contrato com Watanabe Mahoto depois do acontecimento. Ressaltando que não é a primeira vez que Watanabe é preso. Em 2019 o ex YouTuber foi preso por agredir fisicamente sua ex-namorada. Porém, na época a empresa UUUM continuou com o contrato.

Os vídeos do seu canal no YouTube foram deletados, por ele ter violado as diretrizes da rede social. No dia 2 de março, o próprio havia se desculpado pelo acontecimento na outra rede social Twitter: “Peço sinceras desculpas por causar grande dor às vítimas do incidente que causei”, disse Watanabe. Atualmente a sua conta do Twitter está desatualizada.

Informações pessoais de usuários do aplicativo Line foram vazadas para empresa chinesa


Ex-Youtuber Mahoto Watanabe é preso por suspeita de chantagear adolescente pedindo fotos íntimas Japão