via: Kanazawa hospital worker infected with virus after vaccine shots | The Japan Times

Japão

Funcionário de um hospital em Kanazawa infectado com COVID-19 após as 2 doses da vacina

2021.04.12

Funcionário de um hospital no centro do Japão foi confirmado com o novo coronavírus no domingo (11), após ter tomado as duas doses da vacina, já que o país relatou 2,777 casos diários com as Prefeituras de Tóquio e Osaka vendo uma recuperação lenta nas infecções.

Acredita-se que o trabalhador afastado do Hospital Central da Prefeitura de Ishikawa, em Kanazawa foi a primeira pessoa no Japão a ser infectada após as duas doses da vacina da COVID-19.

As autoridades locais disseram que o funcionário recebeu as doses da vacina desenvolvidas pela Pfizer Inc., em 13 de março e 3 de abril. A pessoa ainda não apresentou nenhum sintoma.

”Em geral, leva tempo para que os anticorpos sejam produzidos após a vacinação”, disse um funcionário do governo da província.

A média de casos diários semanais na capital até domingo saltou para 468, comparado com a média da semana anterior de 389.7 casos.

Dos casos de domingo, 138 foram confirmados entre as pessoas na faixa dos 20 anos, 78 entre as pessoas com cerca de 30 anos e 61 entre as pessoas em torno dos 40 anos. Das pessoas com 65 anos ou mais, foram confirmados 46 casos.

O governo metropolitano vai impor medidas de prevenção mais rígidas em muitas partes de Tóquio na segunda-feira, incluindo pedir a bares e restaurantes em locais de aglomerações que fechem às 20h.

Contudo, essas medidas serão implementadas sem que o governo central declare estado de emergência.

As medidas quase emergenciais foram introduzidas em 5 de abril nas prefeituras de Osaka, Hyogo e Miyagi. O primeiro-ministro Yoshihide Suga decidiu na sexta-feira (9) adicionar Tóquio, Quioto e Okinawa à essa lista.

A Prefeitura de Osaka confirmou 760 casos diários no domingo, abaixo do recorde de 918, marcado no dia anterior. A taxa de ocupação dos leitos hospitalares para pacientes gravemente enfermos ultrapassou 80% no sábado, disseram autoridades da prefeitura.

Leia mais:

Medidas de pré-emergência iniciam no dia 12 em Tóquio, Kyoto e Okinawa


Funcionário de um hospital em Kanazawa infectado com COVID-19 após as 2 doses da vacina Japão