Funcionários da Mitsubishi Motors concordam em se aposentar mais cedo

A montadora japonesa, Mitsubishi Motors, diz que centenas de seus trabalhadores concordaram em se aposentar mais cedo. Na segunda-feira, a montadora disse que 654 de seus funcionários, mais do que sua meta de 550, deixarão a montadora sob um programa de aposentadoria antecipada, como parte dos esforços de reestruturação para reduzir custos de pessoal.

A montadora começou a oferecer o programa em meados de novembro, para funcionários com 45 anos ou mais. Os trabalhadores receberam uma oferta extra de aposentadoria. A empresa espera que o esquema custe 7,2 bilhões de ienes, ou quase 70 milhões de dólares.

Os candidatos deixarão a empresa até o final de janeiro, disse a montadora.

De acordo com seu plano de negócios de médio prazo, a Mitsubishi Motors, visa cortar os custos gerais em mais de 20 por cento para melhorar sua situação financeira.

Nos seis meses até setembro, a Mitsubishi Motors sofreu um prejuízo líquido de 209,88 bilhões de ienes, devido à queda nas vendas globais, e uma perda por redução ao valor recuperável de ativos, com suas vendas caindo 49,0 por cento.

Em uma tentativa de reverter seus negócios, a Mitsubishi Motors está tentando concentrar seus recursos no mercado do sudeste asiático, onde tem uma participação de mercado relativamente forte.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.