via: Abe Cabinet's approval rating lowest in two years as slow virus aid and scandals bite | The Japan Times

Japão

Gabinete de Abe tem menor índice de aprovação já registrado

2020.06.02

A taxa de aprovação pública do gabinete do primeiro-ministro Shinzo Abe caiu para o nível mais baixo registrado em cerca de dois anos nesse final de semana, refletindo insatisfação com a resposta do governo à pandemia de coronavírus e seus escândalos de dinheiro e favoritismo, mostrou uma pesquisa realizada pela Kyodo News.

A taxa de aprovação de 39,4% é 2,3 pontos menor que a pesquisa anterior feita no início de maio, e a primeira abaixo de 40% desde maio de 2018, quando Abe foi perseguido por alegações de favoritismo envolvendo um par de projetos escolares, informou a pesquisa nesse último domingo (31). A taxa de desaprovação do Gabinete foi de 45,5%.

Quanto à pandemia, a pesquisa mostrou que 96% dos entrevistados estão preocupados com uma segunda onda de infecções. Além disso, 81,2% disseram que o governo demorou para emitir a ajuda econômica, incluindo as doações em dinheiro de ¥ 100.000, para todos os residentes. Cerca de 12,5% disseram que a ajuda veio rapidamente.

Abe suspendeu completamente o estado de emergência em todo o país no dia 25 de maio, e 47,2% dos entrevistados consideraram muito cedo, 38,7% disseram que foi apropriado. Mesmo com as restrições comerciais diminuindo, especialistas em doenças infecciosas pediram que o público permanecesse vigilante em causar uma segunda onda de infecções. Mais de 94% responderam que continuariam a se abster de sair em algum grau.

A pesquisa foi feita por telefone em todo o país de sexta a domingo, e selecionou participantes por meio de discagem digital aleatória, na qual números de telefone são gerados aleatoriamente por um computador.


Gabinete de Abe tem menor índice de aprovação já registrado Japão