Golpista brasileiro é preso por enganar mulher que perdeu 17 milhões de ienes

Um brasileiro foi preso por suspeita de fraudar uma mulher em cerca de 17 milhões de ienes, inventando que precisava de dinheiro para uma cirurgia médica.

Maeda Thiago Hideki (34), trabalhador temporário em Sapporo (Hokkaido) conheceu a mulher (32), residente em Chiba, em setembro de 2020, enquanto ela viajava pelo Japão.

A mulher e Maeda começaram a trocar mensagens e em novembro do mesmo ano, ele disse que precisava de dinheiro emprestado para uma cirurgia.

De novembro de 2020 a abril de 2021, a mulher transferiu dinheiro 125 vezes por um caixa eletrônico, totalizando cerca de 17 milhões de ienes.

Como o brasileiro não devolveu o dinheiro, a vítima desconfiou que estava sendo enganada e procurou a polícia. Após um longo período de investigações, Maeda foi preso por fraude.

Em resposta ao interrogatório, Maeda negou as acusações, dizendo: “A história da hospitalização era uma mentira, mas eu não queria enganá-la, queria devolver o dinheiro”.

Vídeo:

Fonte: TV Asahi

Leia também:

#crime

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *