Hoje (23), o governo decidiu expandir os subsídios para distribuir absorventes gratuitamente. Devido à disseminação do coronavírus, muitas mulheres não estão conseguindo comprar produtos de higiene.

Em uma reunião do gabinete, foi decidido pelo governo japonês que cerca de 1,35 bilhão de ienes será alocado como subsídio para distribuição de absorventes.

Renhou Saito, membro da câmara dos vereadores, expôs o problema para o parlamento.

“20% das estudantes têm dificuldade em comprar produtos de higiene (absorventes), ou seja, são uma a cada cinco meninas. Elas usam papel de cozinha, ou trocam menos vezes os absorventes para não gastar, mas isso é muito anti-higiênico. Meninas e mulheres não conseguem ir para a escola ou trabalhar, pois não têm dinheiro para comprar um remédio para dor (…) Não dá para dizer que isso é responsabilidade delas. Será que não daria para pensar em uma contramedida?”.

O nome do subsídio será “Chiiki Jyosei Katsuyaku Suishin Koufu Kin“. Caso o governo local terceirizar a atividade à uma organização privada, ou uma organização não-governamental, por exemplo fazendo visitas as mulheres que precisam de apoio, ou fornecer lugares para estadia, o governo nacional arcará com o valor de 11,25 milhões de ienes.

Leia também:

Tudo o que você precisa saber sobre a vacinação contra a Covid-19 no Japão

#diaadia


Governo ampliará subsídios para distribuir absorventes gratuitamente Japão