via: Japan to focus on female empowerment, support for single mothers - The Mainichi

Japão

Governo pretende promover o empoderamento feminino no Japão

2020.07.02

A medida que os debates sobre questões femininas ganham cada vez mais destaque pelo mundo, a conscientização pelo empoderamento feminino finalmente também vem avançando em várias sociedades.

Nesta quarta-feira (1) o governo japonês anunciou um conjunto de políticas para promover o empoderamento feminino em áreas políticas e empresariais, além de oferecer maior apoio às mães solteiras.

Participação feminina na política e negócios 

Em 2019, o Japão ficou em 121º lugar entre 153 países no ranking de desigualdade de gênero do Fórum Econômico Mundial, ocupando a última posição entre as economias mais avançadas.

As mulheres ocupavam apenas 15% dos cargos seniores e de liderança no campo dos negócios, e a proporção de mulheres legisladoras era de 10% na câmara baixa e 23% na câmara alta.

Para melhorar esse cenário, o governo pretende conscientizar órgãos empresariais sobre a necessidade de promover a participação feminina nos negócios, e também irá investigar as razões que explicam essa baixa proporção.

E além disso, o governo também pretende realizar uma pesquisa sobre assédio para descobrir os obstáculos que se opõem às mulheres que entraram na política.

. Apoio à mães solteiras 

O governo anunciou que revisará os sistemas de outros países e considerará uma mudança na lei para aplicar melhor os pagamentos da pensão alimentícia no Japão.

Uma pesquisa realizada em 2016 pelo Ministério do Bem-Estar Social, mostrou que apenas 24,3% das famílias de mães solteiras receberam a pensão por parte dos pais divorciados.

O primeiro-ministro Shinzo Abe, disse que “começará a estudar as alterações legais para apoiar as mulheres em situações difíceis”.

Diferença de salários homem X mulher 

No Japão, infelizmente existe uma grande diferença entre os salários, as mulheres tendem a ganhar menos que os homens e muitas são contratadas apenas como funcionárias não regulares.

Em 2018, os homens japoneses ganharam uma média salarial de 5,45 milhões de ienes por ano (mais ou menos R$ 270.000 reais) e as mulheres japonesas ganharam uma média de 2,93 milhões de ienes por ano (mais ou menos R$ 145.000 reais).

Violência contra a mulher 

As novas políticas do governo também incluem esforços para erradicar todas as formas de violência contra a mulher.

O governo se concentrará em fornecer um apoio melhor para as vítimas de violência e irá promover a educação e a conscientização generalizada dentro dos próximos três anos para prevenir crimes de violência sexual contra as mulheres.

Levando em consideração o aumento da violência doméstica, o governo também fornecerá um serviço de consulta por telefone e por e-mail que funcionará 24 horas por dia.

Apesar do Japão ainda ser considerado um país machista, notícias como essa reacendem a esperança para a construção de uma sociedade em que as mulheres possam ter cada vez mais espaço em áreas e em cargos predominantemente ocupados pelos homens.

#diaadia


Governo pretende promover o empoderamento feminino no Japão Japão Sem categoria