Covid-19: Paciente encontrado morto em acomodação perto de Tokyo

Um homem, na casa dos 50 anos, diagnosticado com leve caso de COVID-19 e que se recuperava nas acomodações fornecidas pelo governo da prefeitura de Kanagawa foi encontrado morto em seu quarto no dia 11 de dezembro.

A causa da morte ainda é desconhecida, mas as autoridades estão investigando se houve algum problema na forma de monitoramento da saúde do paciente.

De acordo com informações do governo, o homem apresentou sintomas que incluíam febre no dia 4 de dezembro, testando positivo para o coronavírus em 8 de dezembro.

No entanto, como apresentava sintomas leves, ele estava hospedado em uma das acomodações fornecidas pela prefeitura para pacientes com sintomas leves ou nenhum sintoma.

A prefeitura informou que estava monitorando as pessoas hospedadas no local por meio do aplicativo de mensagens Line.

Segundo informações da prefeitura no dia 11 de dezembro:

8:00h -O paciente comunicou que tinha febre de 37,8 graus Celsius, com dor de cabeça e letargia. Ele posteriormente teria relatado que seu nível de oxigênio no sangue também atingiu um ponto em que ele precisava ser visto por um médico.

15:00 – O paciente deveria contatar novamente às 15h, porém não houve retorno.

16:00 – As autoridades ligaram para o telefone do quarto, e para seu celular um total de seis vezes, mas não houve resposta.

20:00 – Por volta das 20h uma enfermeira e outras pessoas visitaram seu quarto e encontraram o corpo deitado de bruços em sua cama em estado de parada cardiorrespiratória. Ele foi transportado para um hospital onde foi confirmado sua morte. As autoridades afirmam que o paciente não tinha nenhuma comorbidade e a causa da morte é desconhecida.

A Prefeitura de Kanagawa relata que é a primeira vez que alguém morre hospedado nas acomodações fornecidas pelo governo.

“É necessário revisar a maneira como estamos monitorando a saúde das pessoas com COVID-19 que estão descansando em casa ou em outras acomodações, uma vez que tenhamos confirmado completamente as circunstâncias sobre este caso.”, disse a direção da sede de contramedidas contra coronavírus da prefeitura.

#coronavírus


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.