Homem de Aichi é preso após furar mil pneus de carros para “conhecer mulheres” (entenda)

Um homem de 32 anos foi preso pela polícia após furar o pneu do carro de uma mulher e depois segui-la para tentar oferecer ajuda e usar o pretexto para “conhecê-la melhor”.

No dia 11 de junho, uma mulher de 43 anos saiu de um supermercado em Higashiura, província de Aichi, e no meio do caminho notou que o pneu traseiro de seu carro estava completamente vazio.

Logo após descer do carro para examinar o pneu furado, um outro carro apareceu e um homem de 32 anos se ofereceu para substituir o pneu danificado.

O que era para ser um gesto gentil, soou como um déjà vu e a mulher se recordou que a mesma situação já havia ocorrido com ela em junho do ano anterior.

Incomodada com a coincidência, a mulher decidiu relatar à polícia, que investigou o caso e descobriu através de imagens da câmera de vigilância do supermercado, que Harada havia cortado o pneu do carro e seguido a mulher para oferecer ajuda na estrada.

Segundo a polícia, Yoshito Harada admitiu o crime e disse que fez isso para encontrar a mulher.

. Caso semelhante 

Quando a notícia dessa estranha tentativa de conquistar as mulheres foi divulgada, alguns internautas resgataram um caso semelhante que ocorreu por volta de 2013.

“Por coincidência” o mesmo suspeito de cometer os crimes também se chamava Harada e tinha 25 anos na época.

A polícia ligou os pontos e descobriu que Harada foi preso há sete anos atrás pelo mesmo motivo, e segundo o advogado do homem, ele provavelmente teria cortado pelo menos mil pneus de carros de mulheres.

O homem evitou a prisão compensando as vítimas com cerca de ¥30.000 ienes e concordou com as medidas de monitoramento para que seus pais pudessem controlá-lo através do GPS, no entanto, acabou cometendo o crime outras vezes.

. Veja a simulação de como ele teria danificado os pneus

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.