via: Man arrested for allegedly killing 'sacred' deer in Nara - The Mainichi

Japão

Homem de Mie é preso por matar cervo “sagrado” em Nara

2021.03.03

A polícia da província de Nara prendeu um homem de 23 anos acusado de matar um dos cervos protegidos da cidade, que fica localizada no oeste do Japão.

Hayao Yoshii (23 anos) é um campanário que reside na cidade de Matsusaka localizada na província Mie, e foi preso sob a suspeita de violar a Lei de Proteção de Bens Culturais.

Ele supostamente matou um veado fêmea (com aproximadamente 11 anos) golpeando sua cabeça com uma lâmina afiada no Parque de Nara, há cerca de um mês.

De acordo com as informações da polícia, o homem admitiu as acusações dizendo:

“Enquanto eu brincava com os veados no Parque de Nara, um deles de repente bateu no meu carro, então eu fiquei com raiva. Cortei sua cabeça com um machado com todas as minhas forças para matá-lo”

Segundos os investigadores, uma mulher que estava passando pelo local notou que um dos cervos não estava se movendo e disse a um policial, que foi até o local e identificou um ferimento profundo no cérebro do animal.

Cervos são sagrados em Nara

Homem de Mie é preso por matar cervo “sagrado” em Nara Japão

Crédito: Unsplash/Riccardo Chiarini

Desde os tempos antigos, os cervos da cidade de Nara são protegidos na cidade, sendo que durante um período da história, qualquer pessoa que matasse um deles era condenada à morte.

De acordo com a Fundação para a Preservação de Veados em Nara, em julho de 2020, haviam cerca de 1.286 deles no famoso Parque de Nara.

Leia também:

Pedra rachada em Nara vira ponto turístico para os fãs de “Demon Slayer”

Abrigo em Nara atinge marca de zero sacrifícios de animais em 2019

Cervos de Nara sofrem em onda de calor no país e se refrescam em vala

#crime


Homem de Mie é preso por matar cervo “sagrado” em Nara Japão