Homem é premiado após salvar jovem prestes a cometer suicídio

O homem estava no 12º andar de um prédio, quando viu uma jovem que estava prestes a cometer suicídio. Ele conseguiu fazer com que ela não se jogasse do prédio, e depois chamou a polícia.

Na última sexta-feira (26), a prefeitura de Nishinomiya concedeu o Prêmio Nojigiku ao funcionário de Osaka da empresa de construção e instalações, Masaki Inoue (32).

O Prêmio Nojigiku foi fundado em 1963 com o objetivo de premiar aqueles que colaborarem para a cidade criar um ambiente agradável para convívio.

Inoue conseguiu resgatar uma jovem (20) que estava prestes a cometer suicídio em um apartamento de Nishinomiya, na província de Hyogo.

No dia 3 de março às 10:50 da manhã, Inoue estava no 12º andar de um prédio, quando avistou uma jovem que estava sentada de costas quase se jogando para trás prestes a cair do 12º andar, ele logo percebeu que ela precisava de ajuda.

Como ele sabia que a jovem iria se assustar caso ele tentasse conversar com ela, Inoue fingiu estar falando no telefone, para então chegar mais perto e conseguir puxa-la pelo braço. “Depois levei a moça para o primeiro andar, e a entreguei para a polícia”, disse ele.

De acordo com a delegacia de Koushien, a moça é moradora na cidade de Nishinomiya. “Foi uma rápida decisão que eu consegui tomar, estou feliz por ter recebido o prêmio”, disse Inoue.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.