Homem é preso em Saitama por tentativa de homicídio contra três médicos

Um homem de 60 anos atacou três médicos que visitavam sua casa perto de Tóquio na noite de quinta-feira, atirando em um deles com o que parecia ser uma arma de caça e fazendo o outro de refém, disse a polícia.

O impasse de 11 horas chegou ao fim nesta sexta-feira depois que a polícia invadiu a casa em Fujimino, na província de Saitama, e prendeu o homem. O médico feito de refém, era um médico de 44 anos, teve uma parada cardiorrespiratório, disse a polícia.

O homem que foi baleado é um fisioterapeuta de 41 anos, e passou por uma cirurgia, seu estado de saúde não foi relatado. Já o outro médico foi levado ao hospital após ter sido ferido com ‘spray’ de gás lacrimogêneo, disse a polícia.

Os três médicos visitaram a casa por volta das 21h de quinta-feira, aparentemente para expressar condolências pela morte de um membro da família do homem.

Equipes de emergência locais disseram que receberam um relatório por volta das 21h15 de uma pessoa que disse ter duas pessoas baleadas.

Com o impasse continuando na manhã de sexta-feira, as autoridades locais evacuaram cerca de 110 moradores locais, e as escolas primárias e secundárias próximas ao local do crime.

Um homem de 54 anos testemunhou que viu carros de polícia alinhados em uma estrada: “Achei que fosse um incêndio, mas fiquei surpreso ao saber que as pessoas estavam evacuando. Aqui é uma área tranquila, por isso me assustei”, disse ele.

Fonte: mainichi.jp

Leia também:

Homem atira em um médico e faz o outro de refém em casa perto de Tóquio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.