DIA A DIA

Informação, cultura, turismo e entretenimento para brasileiros no Japão

Homem é preso suspeito de envenenar sua esposa com metanol

O Departamento da Polícia Metropolitana acusou Yoshida Keisuke, funcionário de uma empresa farmacêutica, por suspeita de envenenar sua esposa, na época com 40 anos, fazendo-a beber metanol, um álcool tóxico, em seu apartamento no distrito de Ota, Tóquio.

De acordo com fontes investigativas, Yoshida é funcionário da grande empresa farmacêutica Daiichi Sankyo.

Ele foi preso por suspeita de envenenar sua esposa com metanol em casa, entre 14 e 16 de janeiro e matá-la.

Yoshida ligou para o 119 na manhã do dia 16, dizendo: “Minha esposa caiu inconsciente”, sendo confirmada a morte no hospital para o qual foi transportada.

Inicialmente, pensava-se que ela havia morrido por causa de alguma doença, mas foi detectado metanol em seu corpo.

Metanol é um biocombustível utilizado em indústria química como solvente, e também como componente de fabricação de vários produtos.

O metanol é incolor e tem quase o mesmo cheiro e sabor do etanol contido no saquê. 15 mililitros pode ser o suficiente para matar uma pessoa“, disse o professor Akiyoshi Nagasawa da Pós-Graduação da Universidade de Chiba do Laboratório de Toxicologia Forense.

Fonte: Reuters Japan e Yahoo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *