DIA A DIA

Informação, cultura, turismo e entretenimento para brasileiros no Japão

Homem mata mãe adotiva para conseguir ¥150 milhões de seguro de vida

A polícia de Takatsuki, em Osaka, prendeu um homem de 28 anos acusado de matar sua mãe adotiva de 54 anos, encontrada morta em uma banheira em julho de 2021.

Segundo a polícia, o suspeito, cujo nome adotado é Rin Takai, afirma ser um consultor residente na cidade de Kawasaki, na província de Kanagawa.

O acusado de matar a sua mãe adotiva, era o beneficiário do dinheiro de seguro de vida, totalizando 150 milhões de ienes. A vítima foi encontrada morta na banheira, parcialmente submersa, com um curativo enrolado no pulso direito, por volta das 11 horas do dia 26 de julho, em sua casa na cidade de Takatsuki.

A vítima foi vista pela última vez em seu escritório no dia 21 de julho, antes de seu longo feriado para as Olimpíadas de Tóquio, e iria voltar a trabalhar no dia 26 de julho, porém não retornou ao trabalho.

Quando ela não apareceu para trabalhar, o chefe de Takai entrou em contato com um de seus parentes e eles visitaram o apartamento e encontraram o corpo.

A polícia disse que Takai não tinha nenhum tipo de doença crônica, e também não foi encontrado bebida e medicamentos em seu organismo. A autópsia revelou que ela se afogou por volta do dia 23 de julho.

Marcas de pressionamento foram encontradas no seu pulso, o que pode indicar que ela foi contida por bandanas de curativos em ambos os braços, segundo a polícia.

Leia também:

Fonte: Japan Today

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *