Investidores da China escondem compras de terras no Japão usando criptomoedas

As autoridades fiscais de Tóquio descobriram um esquema na China que investiu cerca de ¥27 bilhões de ienes em imóveis no Japão usando criptomoedas (moedas digitais).

Funcionários do Bureau Regional de Tributação de Tóquio conduziram uma auditoria fiscal em uma empresa localizada no distrito de Taito (Tóquio) que operava um estúdio fotográfico voltado para os turistas estrangeiros.

Segundo fontes relatadas pelo jornal Asahi, a empresa teve vendas anuais de apenas ¥10 milhões de ienes, no entanto, as autoridades descobriram uma grande quantidade de dinheiro que estava entrando e saindo das contas da empresa, sendo que uma dessas contas convertia criptomoedas em ienes.

De acordo com as autoridades, em um período de três anos até março de 2019, três indivíduos que vivem na China enviaram um valor equivalente a cerca de 27 bilhões de ienes em criptomoedas para a empresa de Tóquio convertê-las em ienes.

Os três chineses passaram instruções por meio do aplicativo WeChat e o iene convertido foi usado em vários negócios imobiliários feito por outros investidores chineses.

O esquema dos três chineses foi um intermediário para coletar yuans de chineses ricos que queriam investir em imóveis japoneses.

Na China, qualquer cidadão que queira transferir mais de ¥5,6 milhões de ienes para o exterior ao longo de um ano deve pedir uma solicitação do governo chinês antes.

As autoridades fiscais têm se esforçado para fortalecer a supervisão da criptomoeda, no entanto, é difícil monitorar todas as transações.

#diaadia

Leia também:

https://diaadia.jp/especiais_post/um-lado-sombrio-do-japao-as-atrocidades-cometidas-pelos-militares-do-exercito-imperial/

Investidores da China escondem compras de terras no Japão usando criptomoedas Sem categoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *