Japão estabelece “limite” de 383 capturas de baleias em 2021

Segundo a Agência de Pesca, o Japão estabeleceu um limite de 383 capturas de baleias de grande porte para 2021, a mesma quantidade de 2020, para evitar um impacto negativo sobre os recursos de cetáceos.

Segundo as autoridades japonesas, comer baleias é parte da cultura alimentar do país. De acordo com estatísticas da CNN, somente no ano de 1964 os japoneses consumiram mais de 150.000 toneladas de carne de baleia, no entanto, com o tempo a procura por esse tipo de carne diminuiu. Segundo os dados, os japoneses consumiram cerca de 3.000 toneladas em 2017.

O Japão retomou a caça comercial às baleias em áreas territoriais e na zona econômica em 1º de julho de 2019. De acordo com as informações, o limite de capturas de baleias minke foi definido em 171, para baleias bryde em 187 e para baleias sei em 25.

Em 1982 a IWC (Comissão Baleeira Internacional) adotou uma moratória sobre a caça de baleias, no entanto, o Japão a suspendeu seis anos depois em 1988.

Críticas internacionais:

Antes da retomar da caça comercial às baleias pela primeira vez em mais de 30 anos, o Japão vinha realizando a captura de baleias para “fins de pesquisa”, mas a prática estava sendo duramente criticada internacionalmente por ser uma “cobertura” para a caça comercial das baleias.

Atenção! Imagens fortes:

Crédito: Kyodo News

Créditos: Masanori Takei / Kyodo News 

Leia também;

https://diaadia.jp/blog/baleias-jubarte-saem-da-lista-de-extincao/
https://diaadia.jp/blog/japao-e-a-caca-de-animais-marinhos/

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.