via: OLYMPICS/ Japan spends billions on technology for absent Olympic fans : The Asahi Shimbun

Japão

Japão gasta bilhões para desenvolver aplicativo de rastreamento de infecções para Olímpiadas

2021.03.23

A principal empresa de telecomunicações do Japão está recebendo do governo 7,3 bilhões de ienes – cerca de US $ 67 milhões – para desenvolver um aplicativo de rastreamento móvel para conter a disseminação de infecções por coronavírus durante as Olimpíadas de Tokyo.

Há um problema: poucos fãs olímpicos do exterior estarão por perto para usá-lo.

Os organizadores das Olimpíadas de Tokyo e o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou no sábado a proibição de torcedores estrangeiros nos jogos, que está planejado para iniciar no dia 23 de julho.

A NTT Communications Corp., empresa do grupo Nippon Telegraph and Telephone Corp. e patrocinadora doméstica dos Jogos de Tokyo lidera o consórcio que irá desenvolver o aplicativo em vários idiomas com lançamento previsto para junho.

Patrocinadores domésticos contribuíram cerca de US $ 3,5 bilhões para o comitê organizador local, a quantia arrecadada bateu recorde e é aproximadamente três vezes maior do que em qualquer Olimpíadas anterior. As contribuições foram feitas pela gigante empresa de marketing Dentsu Inc., a parceira oficial de marketing das Olimpíadas de Tokyo.

Como outros céticos, o legislador da oposição Kanako Otsuji disse que o aplicativo é um desperdício de dinheiro.

“Quando provavelmente não haverá espectadores, será que é hora de criar um aplicativo para os fãs? O governo japonês falhou várias vezes na inovação digital, mas vai ter sucesso com este novo aplicativo? ” ela disse em seu canal no YouTube no mês passado.

Os usuários devem fazer o download do aplicativo em seus telefones celulares para que sua localização seja monitorada por GPS.

Em teoria, ele irá rastrear as infecções, no entanto só será eficaz se as pessoas o usarem de forma honesta e diligente para registrar suas condições de saúde e alertar outras pessoas sobre possíveis cluster.

O aplicativo NTT custa quase 20 vezes mais do que o aplicativo anterior de rastreamento chamado Cocoa oferecido gratuitamente ao público japonês no ano passado.

O Japão está restringindo a entrada de turistas ao país por causa da pandemia do coronavírus, exceto para algumas viagens essenciais e cidadãos que retornam.

A NTT Communications não quis comentar, encaminhando perguntas ao governo.

A NTT, com sede em Tokyo, está envolvida em um escândalo de corrupção generalizada, que envolve burocratas do ministério que supervisionam as telecomunicações.

O governo de Tokyo está gastando oficialmente US $ 15,4 bilhões para se preparar para as Olimpíadas, mas várias auditorias governamentais sugeriram que serão gastos pelo menos US $ 25 bilhões. Todos, exceto os  US $ 6,7 bilhões, são dinheiro público.

Embora a pandemia tenha aumentado os custos da organização das jogos, haverá poucos turistas para abastecer os cofres locais.

Em 2019, um ano antes de a pandemia atingir, o Japão arrecadou um recorde de 4,8 trilhões de ienes (US $ 44 bilhões) com quase 31,9 milhões de turistas, que vieram principalmente da China e Coreia do Sul.

Em contraste, os viajantes internacionais ao Japão no ano passado, incluindo residentes estrangeiros e famílias de japoneses, diminuíram para 4,1 milhões de pessoas, de acordo com a Organização Nacional de Turismo do Japão. O turismo doméstico também caiu para cerca de metade dos níveis do ano anterior.

#diaadia

Leia também:

Olimpíadas de Tóquio será realizada sem espectadores estrangeiros devido à pandemia

Sem fim para a pandemia no Japão até 2022

Japão encerra estado de emergência na região de Tóquio

 


Japão gasta bilhões para desenvolver aplicativo de rastreamento de infecções para Olímpiadas Japão