Japão inicia a vacinação de reforço contra a variante Ômicron

O Japão iniciou nesta terça-feira (20), o lançamento das vacinas contra a variante Ômicron como parte dos esforços para conter a sétima onda de infecções por coronavírus.

As pessoas com 60 anos ou mais e os trabalhadores médicos que ainda não receberam a quarta dose da vacina terão prioridade. Em meados de outubro, será a vez das pessoas com 12 anos ou mais e das pessoas que receberam pelo menos duas doses da vacina.

Crédito: Kyodo

O governo central planeja fornecer as vacinas a todos que as desejarem até o final do ano, antes de um possível aumento das infecções no inverno. Os governos locais poderão antecipar o agendamento a seu critério.

Os reforços da Pfizer Inc. e da Moderna Inc., adaptados para a subvariante BA.1, foram aprovados para produção e venda no Japão pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar na semana passada.

Segundo uma pesquisa da Kyodo News, 80% das capitais das 47 prefeituras do país disseram que começariam a vacinação até o final de setembro.

O governo central espera que os municípios administrem mais de 1 milhão de vacinas por dia entre outubro e novembro.

As pessoas poderão receber o reforço após cinco meses desde a última dose, mas como alguns países exigem um intervalo de três meses ou menos, o ministério está considerando diminuir a diferença e divulgará a decisão até o final de outubro.

Fonte: The Manichi

Imagem de destaque: REUTERS/Hannah Beier

#coronavírus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.