Japão investiga a causa da morte de duas pessoas que receberam a vacina Moderna

O Japão está investigando a morte de dois homens na casa dos 30 anos que morreram poucos dias depois de receberem a segunda dose da vacina Moderna.

Segundo um comunicado divulgado no sábado pelo Ministério da Saúde, os dois homens morreram poucos dias após receberem a segunda dose da vacina e o motivo das mortes ainda está sendo investigado. Nenhum deles apresentava histórico de alergias ou outras condições subjacentes.

Eles receberam a vacina de um lote que não continha corpos estranhos, mas que também foi suspenso, uma vez que foi produzido na mesma instalação e na mesma época que os outros lotes “contaminados”.

O Japão suspendeu o uso de 1,63 milhão de doses da vacina Moderna mais de uma semana depois que a distribuidora Takeda Pharmaceutical Co Ltd. recebeu relatos de contaminantes em alguns frascos.

No momento, não temos nenhuma evidência de que essas mortes sejam causadas pela vacina Moderna COVID-19”-disse as empresas Moderna e Takeda Pharmaceutical em um comunicado.

O governo japonês afirma que não foram relatados problemas de segurança ou eficácia das vacinas, mas que a suspensão dos três lotes potencialmente contaminados foi uma medida de precaução. A relação entre as mortes e as vacinas ainda não está clara, embora o ministro da saúde, Norihisa Tamura, tenha dito que o Ministério conduziria rapidamente as investigações com especialistas externos.

“A investigação está sendo conduzida com o maior senso de urgência, transparência e integridade e é da mais alta prioridade”- disseram as empresas Moderna e Takeda Pharmaceutical.

Segundo informações da emissora NHK, os corpos estranhos encontrados em alguns frascos no Japão supostamente seriam partículas metálicas. Até dia 8 de agosto, cerca de 991 pessoas morreram após serem vacinadas com a Pfizer Inc. e 11 morreram após receberam a vacina Moderna, no entanto, não foi estabelecida nenhuma causalidade entres as vacinas e as mortes.

De acordo com dados do governo, aproximadamente 124,5 milhões de vacinas já foram administradas no Japão e cerca de 43,5% da população já está totalmente inoculada.

Leia também:

Japão suspende o uso de 1,63 milhão de doses da vacina Moderna após “corpo estranho” ser detectado

Veneno de espécime de cobra encontrada no Brasil é capaz de inibir o vírus do Covid em 75%

#coronavírus


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.