Japão planeja distribuir 50.000 ienes para famílias de baixa renda

O governo japonês está planejando distribuir 50.000 ienes para famílias de baixa renda como parte de um pacote de ajuda para reduzir o impacto da inflação acelerada, informaram fontes familiarizadas com o assunto na terça-feira.

As famílias elegíveis para receber o dinheiro precisam estar isentas dos impostos de residência, visto que são as mais afetadas pelo aumento dos custos de energia e alimentos.

Segundo as fontes, o governo está considerando usar fundos de reserva no orçamento do estado para o atual ano fiscal para o programa de distribuição, que provavelmente custará cerca de 900 bilhões de ienes.

Os fundos de reserva são alocados para uso em situações de emergência. Nesse caso, o governo pode decidir como o dinheiro será usado sem aprovação parlamentar e escrutínio dos partidos da oposição.

No últimos meses, o Japão viu a inflação subir, apesar de crescer em um ritmo mais moderado do que nos Estados Unidos ou em alguns países europeus. Além disso, o crescimento salarial e a recuperação econômica da pandemia ainda tem sido relativamente lenta.

O primeiro-ministro Fumio Kishida instruiu as autoridades a elaborar medidas adicionais para os consumidores, e um pacote de ajuda deve ser apresentado nesta sexta-feira.

As doações em dinheiro são frequentemente usadas pelo governo para estender o apoio visível aos eleitores. O governo reservou cerca de 204,2 bilhões de ienes no atual ano comercial para distribuir 50.000 ienes para criança de famílias de baixa renda, famílias monoparentais e famílias que criam filhos isentas do imposto residencial.

Em meio à pandemia do coronavírus, o governo garantiu fundos para doar 100.000 ienes cada família de baixa renda em um orçamento extra para o ano fiscal anterior que terminou em março.

Leia mais:

Fonte: The Mainichi

Imagem de destaque: @jofreepik via Freepik

#diaadia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.