Japão pretende eliminar a venda de carros novos movidos a combustão em meados de 2030

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria, está se ajustando para eliminar a venda de carros novos movidos a combustão em meados de 2030.

De acordo com a intenção do primeiro-ministro Yoshihide Suga, de reduzir as emissões de gases de efeito estufa para zero até 2050, o Ministério está considerando “desgaseificar” as vendas dos novos carros, estabelecendo a meta de vender carros híbridos e elétricos.

Os veículos elétricos como o próprio nome sugere, são carros movidos a energia elétrica, e por esse motivo, não produzem nenhum tipo de emissão de gás poluente. Já os carros híbridos, possuem um motor de combustão interna e um motor elétrico, que ajuda a reduzir o consumo de combustível e a emissão de poluentes.

Vários outros países também “proibirão” as novas vendas de veículos movidos a gasolina e a diesel, como por exemplo o Reino Unido que pretende desgaseificar as vendas até 2030. Além disso, o estado da Califórnia nos Estados Unidos e a França também pretendem proibir a venda de carros novos movidos a combustão.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.