Japão suspenderá programa ”Go To Travel” em todo o país

O primeiro-ministro Yoshihide Suga anunciou na segunda-feira que a campanha ”Go To Travel” será suspensa em todo o país do dia 28 de dezembro a 11 de janeiro – uma mudança drástica de política em meio a pesados ​​gastos do governo com o objetivo de simultaneamente reiniciar a economia e conter o vírus.

“Todas as medidas precisam ser tomadas para proteger vidas e impedir que o vírus se espalhe ainda mais”, disse Suga durante uma reunião da força-tarefa do governo na noite de segunda-feira.

Seus comentários sugerem que os esforços para simultaneamente manter a economia funcionando e conter o vírus atingiram uma parede, com casos recordes surgindo em todo o país quase diariamente desde o final de outubro.

“É uma forte mensagem dos governos central e locais de que eles estão determinados a superar esta crise”, disse Omi.

A partir de segunda-feira, Suga disse que Tóquio e Nagoya serão removidos como destinos elegíveis para a campanha Go To Travel.

A Prefeitura de Aichi também ampliou a solicitação de restaurantes e bares que servem bebidas alcoólicas até o fechamento às 21h, atualmente em funcionamento em parte do bairro Naka, na cidade de Nagoya, estenderá a solicitação até 11 de janeiro. Negócios que atenderem o pedido receberá ¥ 20.000 por dia.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.