Japão testa uso de drones para transporte de produtos para população idosa isolada

Com quase metade da população idosa, a prefeitura de Misato, na província de Shimano, procura alternativas para atender a necessidade de transporte de mercadorias como comida e medicamentos para a população idosa que mora em áreas de difícil acesso.

O teste faz parte de um projeto iniciado pela cidade no ano de 2018 para criar rotas de voo para drones e atender áreas de difícil acesso em momento de desastres naturais como as fortes chuvas que aconteceram em 2018 e 2020.

Fotos do teste realizado em Misato, província de Shimane. Créditos: Mainichi.

O teste foi realizado pela empresa de transportes Sagawa Express Co. na vila de Misato e ocorreu sem contratempos. A prefeitura ainda acompanhará uma demonstração da utilização dos drones, em uma tentativa de iniciar seu uso prático no ano de 2022.

A demonstração foi realizada em 14 de janeiro e foi favorecida pelo bom tempo, o drone foi do parque de prevenção de desastres da cidade, para o centro comunitário de Ago, aproximadamente 6,4 quilômetros de distância.

Foram transportados cerca de 2 quilos de produtos, como carne de javali enlatada, termômetros e outros itens em uma caixa anexada sob o drone, ele subiu cerca de 100 a 120 metros de altura acima do rio e chegou ao seu destino em cerca de 10 minutos.

Fotos do teste realizado em Misato, província de Shimane. Créditos: Mainichi.

A rota é pré-programada por uma empresa de drones industriais Eams Robotics Co., e foi controlada remotamente por um membro da equipe em Tokyo.

“Apesar das ondas de rádio serem difíceis de alcançar a área por causa da baixa temperatura e dos vales, o drone voou tranquilamente”, disse um membro da equipe da Eams Robotics encarregado do teste. “Gostaríamos de melhorar a precisão para ter voos ainda mais seguros.”

Na cidade onde quase metade da população é idosa, e algumas pessoas desistiram de ter automóveis, ir às compras ou visitar hospitais tornou-se um problema. Desse modo, as autoridades municipais estão considerando fazer do parque de prevenção de desastres uma base para os voos dos drones e criar sete locais, incluindo centros comunitários, pontos de trânsito onde as pessoas podem receber mercadorias.

#diaadia

Leia também:

https://diaadia.jp/blog/pilotar-drones-no-japao-sob-o-efeito-de-alcool-pode-te-custar-uma-multa-de-500-mil-ienes-ou-prisao/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.