Japão volta a permitir a entrada de até 250 estrangeiros por dia no país

O Japão planeja afrouxar suas restrições de viagem em meio à pandemia de coronavírus, permitindo a entrada de cerca de 250 viajantes estrangeiros por dia da Austrália, Nova Zelândia, Tailândia e Vietnã, disseram fontes do governo nessa quarta-feira (10). A cota, que o Japão pretende introduzir neste verão, será aplicada inicialmente a empresários, como executivos e engenheiros.

Atualmente, o Japão tem uma proibição de entrada de passageiros de 111 países e regiões, com viajantes estrangeiros que estiveram em qualquer uma dessas áreas nas últimas duas semanas sendo recusados e não podem entrar no país.

O governo também está considerando a criação de estações para realizar testes PCR em pessoas que estão saindo do Japão, já que alguns países começaram a abrir suas fronteiras para aqueles que apresentam resultados negativos provando que não estão infectados, disseram as fontes.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, 181 países e regiões impuseram restrições de viagem de algum tipo ao Japão, incluindo Austrália, Nova Zelândia, Tailândia e Vietnã. Espera-se que o alívio das restrições de viagem seja mútuo e estejam sendo realizadas discussões com esses países sobre como fazê-lo sem arriscar maior disseminação do coronavírus.

O Japão escolheu esses quatro países para o esquema por dois motivos: eles têm o surto sob controle e tem fortes laços econômicos com o país. Dependendo da situação, o governo expandirá a lista posteriormente para outros países, incluindo China, Coréia do Sul e Estados Unidos.

#novidades


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.