via: More than half in Japan happy with job switch: gov't survey - The Mainichi

Japão

Mais da metade das pessoas que mudaram de emprego no Japão estão mais felizes

2021.11.22

Um pouco mais da metade das pessoas que trocaram de emprego no Japão estão satisfeitas com a mudança, mostrou uma pesquisa realizada recentemente pelo governo japonês.

Dados da pesquisa

Entre os entrevistados que mudaram de emprego entre 1º de outubro de 2019 e 30 de setembro de 2020, cerca de 53,4% disseram que estão satisfeitos com os novos empregos, mas cerca de 11,4% disseram que não estão estão tão satisfeitos assim. No total, 10 mil pessoas foram entrevistadas e a diferença entre as pessoas que estão satisfeitas e insatisfeitas com os novos trabalhos ficou entre 42 pontos percentuais.

As condições de trabalho melhoraram com as reformas das práticas de trabalho e parece que as pessoas estão achando seus novos empregos gratificantes”-disse um dos responsáveis pela pesquisa.

Emprego vitalício no Japão

No Japão, a cultura de trabalho vitalício está gradualmente perdendo força, a medida que o país vem realizando reformas para reduzir as longas jornadas de trabalho.

Além de mostrar o percentual de satisfação após a mudança de emprego, a pesquisa também descobriu que os homens têm a tendência de ser mais felizes depois de trocarem de emprego.

Homens: 56,4% satisfeitos e 9,9% descontentes.

Mulheres: 49,3% satisfeitas e 13,4% descontentes.

A pesquisa revelou uma diferença de 10 pontos a mais de insatisfação entre as mulheres entrevistadas, que apontaram que as tarefas, a jornada de trabalho e o relacionamento com os colegas de trabalho são os principais motivos para a insatisfação.

Principais motivos para a mudança de emprego

Entre as pessoas entrevistadas, cerca de 76,6% disseram que mudaram de emprego por motivos pessoais, 28,2% devido às condições de trabalho, cerca de 26% disseram que trocaram de trabalho pois estavam insatisfeitas com suas tarefas e 23,8% pois eram mal renumeradas.

#diaadia


Mais da metade das pessoas que mudaram de emprego no Japão estão mais felizes Japão