Médico japonês alerta sobre o perigo da “síndrome locomotiva” entre crianças que passam muito tempo em seus smartphones

Um médico japonês está alertando sobre uma condição que pode deteriorar as funções motoras do corpo das crianças, que agora passam mais tempo em casa devido à falta de locais para brincar ao ar livre.

A condição é chamada de “síndrome locomotiva” e ocorre principalmente quando as pessoas não fazem exercícios suficientes por passarem muito tempo em seus smartphones ou jogando videogames. A síndrome locomotiva é uma doença que deteriora as funções motoras dos ossos, das articulações, dos músculos e de outras partes que as pessoas precisam para se mover.

Essa condição pode causar ferimentos e outros danos e pode se tornar ainda mais grave se não for resolvida, fazendo com que as pessoas quebrem os ossos com mais facilidade ou até mesmo fiquem acamadas no futuro.

Relatos de estudantes japoneses:

Desde que comecei a frequentar a escola novamente, tenho tendência a viajar muito”– comentou uma estudante do ensino médio ao visitar um hospital ortopédico em Saitama. A jovem torceu o tornozelo e sofreu uma lesão no ligamento que só deverá cicatrizar em seis semanas.

Segundo Shojiro Hayashi (71), chefe do hospital ortopédico Hayashi, houve uma série de relatos de ferimentos semelhantes. Em julho e agosto, ele viu vários alunos quebrarem seu ossos ao pularem cordas, e uma estudante ficou ferida ao bater as costas no chão.

Como saber se meu filho desenvolveu a síndrome locomotiva?

As ilustrações abaixo (do lado esquerdo) explicam cinco movimentos simples que os pais podem fazer com seus filhos para verificarem se eles desenvolveram a síndrome locomotiva. Segundo Shojiro Hayashi, primeiro os pais devem verificar se a cabeça, os ombros e o quadril da criança tocam a parede ao mesmo tempo em que ficam de costas para ela, e se a criança consegue contrair o queixo e o estômago.

Os cinco exercícios são:

1- ficar sobre um pé por pelo menos cinco segundos;

2- agachar com os dois pés apoiados no chão;

3- levantar os braços para cima até atrás das orelhas;

4- tocar o chão com os dedos sem dobrar os joelhos;

5- puxar o cotovelo com os punhos fechados e esticar os braços com as mãos abertas.

Crédito: The Mainichi

As ilustrações acima (do lado direito) explicam dois movimentos que as crianças podem fazer para melhorar a função motora. (Cada exercício deve ser repetido por cinco vezes em um ritmo lento).

1- a criança deve colocar a mão na nuca e abrir e fechar os braços repetidamente enquanto respira fundo.

2- a criança deve levantar as mãos retas, esticar-se nas pontas dos pés e inclinar-se para frente, para a direita e esquerda.

#diaadia


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.