via: Premium Japan watermelon price in 1st auction this yr drops sharply - The Mainichi

Japão

Melancia Densuke é vendida por 220.000 ienes, um terço de seu preço real

2020.06.18

Uma melancia premium com uma casca verde escura cultivada em Hokkaido, norte do Japão, chegou a 220.000 ienes segunda-feira no primeiro leilão do ano, e para quem acha que está caro está enganado: o preço atual é menor que um terço do preço recorde da melancia do ano passado.

Leiloeiros começaram a fazer lances para as melancias premium Densuke às 6:50 da manhã em um mercado de produtos frescos em Asahikawa. Ao todo, foram vendidas 71 melancias.

O surto de coronavírus teve um grande impacto (no preço) e a queda foi previsível“, disse uma autoridade do mercado.

O preço mais alto pago pela melancia, um produto de assinatura da cidade de Toma, no leilão do ano passado foi de 750.000 ienes. O leiloeiro vencedor deste ano foi Madoka Sato, gerente de 38 anos de uma empresa local de comércio eletrônico.

Participei para mostrar apoio aos agricultores“, disse Sato.

Um par de melões Yubari, outra fruta premium do Hokkaido, foi vendido por 120.000 ienes no primeiro leilão da temporada no final de maio, apenas 2,4% do preço do leilão do ano passado. Frutas premium e outros alimentos de luxo costumam obter preços muito altos nos primeiros leilões no Japão, com compradores – geralmente restaurantes – usando lances bem-sucedidos para fins promocionais.

#novidades


Melancia Densuke é vendida por 220.000 ienes, um terço de seu preço real Japão