Morre o primeiro lutador de sumô infectado pelo coronavírus

A Japan Sumo Association (JSA) confirmou nesta quarta-feira (13) a morte do primeiro lutador de sumô a ser infectado pelo coronavírus.

Shobushi cujo nome verdadeiro era Kiyotaka Suetake, tinha 28 anos e fazia parte da quarta divisão mais importante do sumô. Ele havia testado positivo para o coronavírus no dia 10 de abril, apresentando uma piora dos sintomas no dia 19.

O lutador ficou internado em uma unidade de terapia intensiva em Tóquio por mais de um mês e acabou falecendo devido a falha de múltiplos órgãos causada pela COVID-19.

O presidente da JSA, Hakkaku disse: “Eu posso imaginar o quão difícil deve ter sido combater a doença por mais de um mês mas, como um lutador, ele suportou bravamente e lutou contra a doença até o fim”.

Segundo o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão, Shobushi passou a ser a pessoa mais jovem a falecer por coronavírus no país.

O rikishi era conhecido por sua personalidade alegre e iniciou suas atividades profissionais no Takadagawa após terminar o colegial em 2007, conquistando a 11ª posição na divisão “Sandanme”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.